segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Devoted - # 2 - Trilogia Elixir

Olá! Hoje falo do livro Devoted segundo volume da trilogia Elixir da autora Hilary Duff e publicado pela editora iD.

Sinopse:
" Um amor perdido, mas nunca esquecido...
Sage é minha alma gêmea. Nós nos amamos há muitas vidas, mas tudo sempre acaba de maneira trágica... Desta vez, no que depender de mim, será diferente.
Ele é imortal, e carrega o Elixir em suas veias. Foi arrancado de mim, mas tenho certeza que ainda está bem... por enquanto.
Ben, meu grande amigo, vai me ajudar a encontrá-lo, mas para isso teremos de nos aliar à Vingança Maldita. Será mesmo a coisa certa a fazer? Ou será que estou apenas selando novamente nosso destino trágico?
Sou Clea Raymond, e vou lutar pelo meu amor com devoção. "



Oh, esse livro me deixou quase maluca, bem o final de Elixir já tinha provocado isso em mim. Devorei Devoted em busca de respostas junto com a Clea, também queria saber onde o sage estava e se estava bem, me uni à Vingança Maldita para poder resgatá-lo dos Redentores da Vida Eterna. E viajei com Amélia através das lembranças dela com sua família ao longo de mais de dois mil anos.

Isso é só a superfície do que acontece durante toda a história, Clea está em busca de resgatar seu eterno amor e corre riscos e se une novamente a Ben para assim poder continuar sua investigação. Novas nuances e histórias do Elixir e da mudança que ele exerce ao tocar as pessoas aparecem. Amélia e sua família foram um excelente acréscimo a história. E a Vingança Maldita nos mostra um lado que até o livro anterior eu não entendia e os Redentores da Vida Eterna também são bem diferentes do eu pensava.

Devoted além de contar com o romance de Clea e Sage também surpreende por ter uma história pra lá de interessante pra contar. O modo como o amor, o Elixir, a amizade e a traição afeta as vidas das pessoas é fascinante e me levou a só largar o livro quando ele chegou ao fim. Alias foi um final eletrizante.

" - Clea... - a voz de Sage fraquejou ao dizer meu nome. - Parece que você está aqui mesmo. Eu já sonhei com você tantas vezes, mas agora, tudo está parecendo tão real...
Ele começou a me soltar, mas eu o abracei com mais força ainda.
- Não. Não me solte. Por favor. Tenho medo de acordar se você me soltar. "
     página 139

Paula Maria

Um comentário:

  1. OMG!!! tenho que ler essa trilogia!!!

    adorei a resenha

    bjsssss

    ResponderExcluir